O homem de meia cidade

Quem é que nunca digitou o próprio nome em algum mecanismo de busca para ver o que acontece? Eu faço isso de vez em quando. Nesta brincadeira, algumas surpresas sempre acontecem. Como hoje, que encontrei o seguinte vídeo, sobre meu conto “O homem de meia cidade”, publicado na revista “e”, do Sesc, há alguns anos: