Abandono

Acho que lares de grandes intelectuais são lugares quase sagrados. E penso também que todo Estado que se preze deve ter o hábido de preservar as moradias destes pensadores que já se foram e transformá-las em museus, em institutos, em casas de cultura, em um espaço de utilidade pública. Pagar um preço justo no imóvel, tombá-lo adequadamente e conseguir verbas para mantê-lo. Assim, quando li a matéria sobre a antiga residência de Sérgio Buarque de Holanda, fiquei transtornado. Claro que a filha do sujeito hoje é ministra e tudo se ajeitará. Mas e quantos outros edifícios históricos estão à míngua?

Onde morou Victor Hugo, hoje um museu.

Anúncios

2 comentários sobre “Abandono

  1. *Quanto ao Abandono!!É como queima de arquivo!!Um Povo sem Origem!!Perde sua Direção…É um grande descaso na Porta dá Faculdade Humana…Que se priva dá História de Povos que vieram para o Brasil…A Terra Prometida!!Seria um Mosaico de Moisés tentando livrar o Povo dá Escravidão!
    Congratulations!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s