Sobre filhos e Gaia

Gaia grávida

James Ephraim Lovelock propôs a “hipótese de Gaia” para explicar o comportamento sistêmico de nosso planeta.  Superficialmente, é como acontece no filme “Avatar”, em que os seres vivos estão todos conectados entre si – plantas, animais e a Terra é um ser vivo também. Lovelock vem apresentando teorias a cada livro mais catastróficas. O último, “The vanishing face of Gaia: a final warning” tenta provar que não existe mais saída para os seres humanos: é encarar as inevitáveis mudanças climáticas. Bom, mas eu quero chegar em outra conclusão a que o autor chegou, a de que a Terra não suporta 7 bilhões de humanos vivendo sobre ela. Claro que nenhum casal em sã consciência levará isso em conta na hora de decidir ter um filho. O que me fez pensar nos motivos que levam as pessoas a ter filhos ou a não os ter. A conclusão é um pouco óbvia e, talvez justamente por isto, difícil de a alcançarmos: egoísmo. Um homem e uma mulher decidem procriar, porque desejam levar adiante o nome da família ou porque querem uma criatura que os amará em função, primordialmente, dos laços sanguíneos ou porque querem um laboratório particular onde manipular suas paranoias e assim por diante. Querem ter orgulho do filho, em uma frase. Orgulho, em uma palavra. Da mesma forma, os que não desejam filhos pensam no gasto, no trabalho que uma criança dá, na perda da liberdade e coisas assim. Não conheço ninguém que pondere mais profundamente sobre o assunto. Então recomendo a leitura do livro de Lovelock, que foi traduzido recentemente aqui no Brasil e publicado pela editora Intrínseca com o título “Gaia: alerta final”.

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre filhos e Gaia

  1. Eu gostaria de anexar a sua opinião, como artigo, na revista que estamos confeccionando. Por enqto faço tudo com a ajuda de amigos e contribuintes, pois ainda estamos iniciando. O nome da revista será Ghaia. Será que se importaria? Gostei da sua posição sobre a teoria de James Lovelock e o filme Avatar. Poderia escrever sobre isso, como fez aqui? Aí iria uma foto sua mais dados que quiseres. Espero não ofendê-lo com a proposta. Abs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s