Tempo

O medo sorrindo

Após quase um mês de ausência, volto à carga. A tradução do meu livro “Abismo poente” para o inglês está concluída, agora é esperar o próximo passo. A antologia da editora Record sai mesmo no início do ano que vem e meu livro de poesias vem aí em abril mais ou menos pela 7letras. Então tudo está caminhando. Semana passada fiquei entre a cruz e a espada, como dizem: ir para Brasília de ônibus ou de avião. Não que eu tenha medo de voar, é que aquele colosso sacudindo a mais de oitocentos quilômetros por hora ainda me incomoda. Eu admiro quem consegue dormir na barriga daquela coisa sacolejante. Uma semana depois, penso em voltar para a capital deste nosso país para lançar algum de meus livros num açougue de lá, que ficou famoso por ser também livraria. O primeiro açougue cultural do país. Agora sim, as férias acabaram. Dois meses lendo só a respeito de teorias pedagógicas, sobre elementos finitos e já estou cansado. E descobri também o 3G. Ou a 3G, ainda não descobri o gênero desse negócio. Assim, penso que poderei atualizar meus blogs quando estiver na casa de meus sogros ou de minha mãe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s