De amizades e livros

Amigos

Amigos

Acho que é importante dosar a quantidade de amigos. Mesmo que sejam amigos amigos, o que é raro, convenhamos. Isso para quem está nesta profissão que resolvi encarar por vaidade e que muitos chamam de hobby: a literatura. Porque tenho dois empregos, a docência e a literatura e como eu acho que ambos são inseparáveis, dedico-me com igual paixão e afinco a ambos. Claro, se você é um promoter, desconsidere o que estou escrevendo. Aliás, se você é promoter, o que está fazendo aqui? Não devia estar ao telefone ou visitando sites mais descolados? O mesmo se aplica a outros profissionais, que vivem suas vidas com o objetivo de angariar amizades, porque têm preguiça de fazer algo mais interessante e produtivo. É como cuidar de plantas: se você possui muitas, é bom ter muito tempo disponível para aguá-las e assim por diante. Se não dispõe de muito tempo, o melhor é limitar o número de caules e folhas em casa. Amizades requerem tempo. Um churrasco no sábado, picanha e cerveja, é uma prova disso. Você vai precisar de, no mínimo, uma tarde inteira. O normal é a coisa desandar madrugada afora. Aí a manhã do domingo já está comprometida com a ressaca. Para um escritor ser reconhecido hoje em dia, ganhar prêmios e tal, ter contatos é importantíssimo. Amizades a todo vapor. Mas isso para quem quer ser reconhecido e para quem esse reconhecimento suspeitíssimo basta. O exemplo nos dá a Academia Brasileira de Letras: para se eleger, um candidato deve visitar o maior número de acadêmicos que puder – tome chá, uísque, conversa mole e lá se foi no mínimo um mês de campanha, um mês sem ler um livro direito e sem escrever uma linha decente. O escritor para ficar sob os holofotes da bajulação deve ter um rol de amizades que torna quase impossível o fazer literário. Então o que acontece é que esses caras não leem, porque preferem uma cerveja cotidiana com os amigos. Se alguém não lê, como é que pode escrever bem? É bom tentar reduzir o número de amigos a uns seis, sendo que destes uns cinco ou seis podem traí-lo na primeira oportunidade. Então para que perder tempo? E tem aquela outra cilada: amigo procura o outro porque precisa de um ouvido e outras vezes de um ombro e a trama pode se tornar complicada neste momento, porque é tempo perdido com, geralmente, os mesmos clichês (com as honrosas exceções, óbvio): futebol-sexo-novela. De maneira que se você passar numa livraria vai encontrar certamente alguém que olha torto para um livro de seiscentas páginas e se encaminha direto para a seção de auto-ajuda, que fica ao lado da de best sellers. Ora, ninguém pode culpá-lo, ele não tem tempo para se dedicar como devia a um livro, porque prefere ver na tela do cinema aquele romance badalado, de preferência com algum de seus amigos. Aplique tudo o que escrevi à amizade virtual e você encontrará uma humanidade apressada, mas apressada simplesmente porque tem tempo demais e não sabe o que fazer com ele.

Anúncios

2 comentários sobre “De amizades e livros

  1. Eu concordo com o que você escreveu, pois já fui traído por pessoas que se diziam amigos. Eu também tenho poucos amigos e muitos colegas e costumo nunca esperar muito de alguém para não decepicionar posteriormente. Não leio livro de auto ajuda nem que me paguem, mas sou preguiçoso para ler livros de literatura. Leio os que se relacionam com minha profissão, mas tenho planos para no futuro dedicar-me a eles e talvez um dia escrever um livro sobre minha vida com pitadas ficticias. Mudando de assunto, eu interessei por alguns livros que você pôs a venda para comprar para meu filho, que por sinal é um devorador de livros literários. Ele por sinal ganhou um pen drive num concurso pela prefeiura de ribeirão preto.

  2. Sabe, Whisner, acho muito bacana esse comprometimento que você tem com o que faz e aprecia. Talvez por isso os seus livros sejam alguns dos meus de cabeceira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s