Janela

Eu acordo e imediatamente começo o meu trabalho e do meu quarto posso ver várias árvores e alguns pássaros que se acostumaram com o egoísmo humano e não adiam o voo por causa das urgências da cidade. Dois dias da semana eu trabalho no final da tarde, então, às vezes um casal de saguis me examina e de vez em quando parece que riem de mim.  Sempre deixo o que estou fazendo e tento me comunicar com eles. Ontem à  noite uma aranha estava prestes a assaltar um mosquito: queria roubar-lhe a vida. Um canto da janela está verde no terceiro andar: as pequenas plantas em seus vasos tingem de ironia a poluição desta tarde inalcançável.

Anúncios

Um comentário sobre “Janela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s